Falamos das causas da hiperpigmentação nas zonas íntimas e da solução de despigmentação mais eficaz: dermamelan® intimate.


Está a ser dada cada vez mais atenção a um fenómeno que tem um forte impacto no bem-estar psicológico das mulheres e indiretamente na sua vida sexual: o escurecimento das zonas íntimas. Felizmente, já existem métodos despigmentantes íntimos altamente eficazes.

Esta preocupação desenvolveu-se em paralelo com outras facetas da medicina ginecoestética, que se ocupa da saúde sexual feminina, harmonia genital e rejuvenescimento das zonas íntimas. Neste artigo focamo-nos neste último com a hiperpigmentação genital e as suas soluções em destaque.

Hiperpigmentação das zonas íntimas: porque acontece?

Devemos procurar as causas desta hiperpigmentação na atividade hormonal, principalmente do estrogénio , que é produzido principalmente durante a puberdade, a gravidez e a menopausa. No entanto, também existem outros fatores intervenientes: os fotótipos escuros, o uso de contracetivos, algumas técnicas de depilação (cera quente e laser), roupa apertada e fricção, tudo isto promove o escurecimento.

Entre as partes do corpo mais afetadas pela ação dos melanócitos estão as zonas genitoperineal, perianal, virilhas, coxas internas e monte de vénus . Isto é em certa medida normal, mas pode criar algum desconforto e incómodo facilmente evitáveis em relação ao corpo e sexualidade para a mulher em questão.

Como em outros casos de hiperpigmentação (que ocorrem principalmente no rosto), o escurecimento e o aparecimento de manchas está relacionado com uma superprodução de melanina..

Um despigmentante íntimo de última geração

Os mais recentes avanços em ginecoestética permitem-nos tratar a hiperpigmentação das zonas genitais de uma maneira eficaz mas não agressiva, sem intervenção de medicamentos ou hormonas e simultaneamente: eliminando as manchas existentes e prevenindo o aparecimento de novas manchas.

dermamelan® intimate

Como é feito

Os procedimentos médico-estéticos de branqueamento genital baseiam-se num tratamento suave de peeling ou esfoliação, ou seja, de eliminação da camada mais superficial da epiderme por meio de um processo controlado de aplicação de ácido em combinação com outros princípios regeneradores.

É evidente que, no caso de uma técnica de peeling, é aconselhável contar com os serviços profissionais de um centro médico, como veremos mais adiante quando falarmos do tratamento em pormenor. Além disso, claro, utilizar produtos aprovados por ginecologistas especializados.

dermamelan® intimate: a solução número um

O nosso conselho é claro: recorrer a um tratamento despigmentante que está na vanguarda tanto pela sua inovação científica como pela sua boa aceitação entre os profissionais médicos e estéticos (e, claro, entre os pacientes que experimentam a sua eficácia).

dermamelan® intimate é um tratamento despigmentante íntimo com duas ações, tanto corretiva como reguladora. É realizado em duas fases: um plano no consultório para uma ação intensiva e um plano em casa para reforçar os efeitos na regulação da segregação de melanócitos.

  • Plano em consulta: o protocolo em consulta é constituído por cinco passos, cada um apoiado num produto específico concebido para desempenhar uma função diferente de proteção, esfoliação, neutralização, despigmentação e oclusão.

  • Plano em casa: já em casa, o protocolo é mais simples, apenas com três passos (retirada de produto, uso de máscara calmante e utilização do gel despigmentante de esfoliação suave).

O tratamento termina com uma consulta de controlo no médico especialista.

Não nos perca de vista…

No nosso localizador de centros mesoestetic® encontra-se o caminho mais direto para o seu centro mais próximo , e na nossa conta de Instagram encontrará temas atuais, novidades e conteúdos exclusivos sobre os cuidados da pele.

Quer saber mais?

Solicite uma marcação no seu centro médico-estético mais próximo.

ENCONTRE O SEU CENTRO

Recomendamos que consulte sempre um profissional de saúde para rever o seu caso individual.