Os peelings químicos profundos permitem alcançar as camadas mais profundas da pele para tratar os sinais de envelhecimento ou as manchas cutâneas de forma intensiva, segura e eficaz. Descubra em que consistem estes peelings profundos e de que forma lhe podem ser úteis.


Peeling químico profundo

Em que consiste um peeling químico profundo?

Um peeling químico profundo é um tratamento dermatológico que consiste numa esfoliação profunda da epiderme, promovendo a formação de nova pele e um fortalecimento da derme. Durante este procedimento, é cuidadosamente aplicada uma solução química sobre a pele para eliminar as camadas superficiais danificadas e alcançar camadas mais profundas.

Este processo permite reduzir o excesso da melanina e reestruturar as fibras de colagénio e elastina. Estas alterações refletem-se num aspeto mais saudável da pele, aumentando a sua suavidade e elasticidade e reduzindo o aspeto de problemas do corpo e do rosto, tais como rugas, manchas escuras, irregularidades e cicatrizes, entre outros relacionados com a idade.  

Como se pode realizar uma esfoliação profunda do rosto?

É um tratamento que deve ser realizado por um médico estético, uma vez que chega a camadas profundas da pele e, caso não seja realizado corretamente, podem ocorrer queimaduras na pele.

Peelings de fenol

Os peelings de fenol produzem uma esfoliação em profundidade e são os mais indicados para tratar o envelhecimento moderado ou grave, graças à ação do fenol, que ativa os fibroblastos (ou seja, as células que produzem colagénio e elastina) proporcionando resultados a todos os níveis:

  • Deixa a pele mais tensa.
  • Diminui a quantidade, o tamanho e a profundidade das rugas.
  • Melhora a textura da pele, deixando-a mais suave e firme.
  • Aumenta a luminosidade da pele.
  • Ajuda a reduzir as manchas, o que resulta num tom de pele mais uniforme.
  • Minimiza as lesões causadas pela acne e as cicatrizes.

É importante ter em conta que este é um procedimento médico que deve ser realizado por um dermatologista ou por um profissional médico qualificado. Devido à sua profundidade e intensidade, o tratamento envolve riscos e requer uma formação específica. 

Resultados antes e depois: peeling de fenol mesopeel®

O peeling de fenol mesopeel® MD phen TCA da mesoestetic® consegue penetrar até nas camadas mais profundas da pele com uma ação regeneradora, que permite alcançar resultados visíveis com apenas uma sessão.

resultados antes e depois do peeling profundo
ver centros

Peelings e esfoliantes químicos para manchas localizadas

Um peeling químico profundo para manchas localizadas é um tratamento dermatológico concebido especificamente para abordar as manchas pigmentares em áreas específicas da pele. Durante este procedimento, é aplicado um agente químico esfoliante de alta concentração, com o objetivo de eliminar as camadas superficiais da pele onde as manchas são mais concentradas. Através da eliminação das camadas superficiais da pele, a regeneração da pele ocorre de dentro para fora.

Este procedimento é indicado para:

  • hiperpigmentações pós-inflamatórias causadas pela acne ou por outro tipo de inflamação
  • lentigos solares
  • lentigos senis

Resultados antes e depois: peeling despigmentante mesopeel®

O peeling químico profundo mesopeel® MD melanoplus touch da mesoestetic®, à base de ácido kójico, ácido ferílico e TCA, permite tratar as manchas localizadas de forma precisa e intensiva, atuando sobre o excesso de melanina e regulando a sua sobreprodução.

Recomendam-se 3 sessões para alcançar os efeitos pretendidos.

resultados antes e depois do peeling despigmentante

Solicite uma marcação no centro mais próximo de si.

Perguntas frequentes

Quantas sessões são necessárias até que seja possível ver os resultados de um peeling profundo?

O número de sessões recomendadas varia consoante a indicação do peeling e da gravidade da patologia a tratar, mas geralmente são necessárias entre 1 e 3 sessões para que os resultados sejam evidentes e perdurem no tempo.

Qual é a duração dos efeitos de um peeling profundo?

A duração dos efeitos depende também do tipo de peeling aplicado, da condição tratada e dos cuidados que o paciente aplica em casa após o tratamento. Em geral, a duração dos peelings profundos é de um ano.

O que devo ter em consideração antes e depois de realizar um peeling químico profundo?

Embora seja um procedimento simples, é necessário ter em conta uma série de indicações que o médico lhe poderá relembrar após o diagnóstico: 

Nas semanas anteriores à realização do tratamento, deve evitar apanhar sol e certificar-se de que utiliza uma proteção solar de amplo espetro com SPF 30 ou superior.

Depois de realizar o peeling, é fundamental seguir as instruções específicas do seu médico para otimizar os resultados e reduzir o risco de efeitos secundários:

  • É possível que o seu médico lhe indique a suspensão do uso de certos medicamentos tópicos, como retinoides, ácidos esfoliantes ou produtos que contenham ácido salicílico ou glicólico.
  • É fundamental utilizar os cremes regeneradores e os protetores solares recomendados pelo seu médico.
  • Deve continuar a evitar a exposição solar para prevenir a hiperpigmentação ou a irritação da pele.
  • Não toque nem coce a pele tratada, caso contrário, poderá aumentar o risco de infeção.
  • É muito importante que o seu médico realize um acompanhamento para controlar o progresso da cicatrização e para abordar qualquer efeito secundário que possa surgir.
Mireia Vilalta

Mireia Vilalta

Biotecnóloga especializada em dermocosmética

Licenciada em biotecnologia e especialista em produtos de saúde dermocosméticos como peelings, tratamentos antiacne e tratamentos despigmentantes.