Existe um tratamento despigmentante adequado para cada necessidade, que depende do tipo de mancha, de seu fototipo e do protocolo escolhido.


É sabido que um tratamento despigmentante está orientado para eliminar ou reduzir as manchas na pele. Ao mesmo tempo, sabemos que existem diferentes tipos de manchas cutâneas, principalmente na cara , e que há várias formas de as manter sob controlo… mas quais e em que medida se adequam a cada caso?

A origem das manchas nas suas diferentes manifestações (melasma, HPI, lêntigo, efélides, etc.) está na produção excessiva de melanina. Predisposições genéticas à parte, existem diferentes fatores desencadeantes; o sol é o principal, mas também existem outros, externos (como a exposição a produtos químicos) e internos (como as hormonas).

Tratamentos despigmentantes, em que consistem?

Explicado de forma simples, o objetivo é a redução e a regulação da produção de melanina na derme e a sua acumulação e escurecimento na camada mais externa da epiderme (que são as manchas visíveis).

O outro grande pilar de um tratamento eficaz é a personalização, porque cada pele é diferente. Assim, para que uma ação despigmentante seja eficaz, há que ter em conta tanto o tipo de pele de cada pessoa como o tipo de mancha apresentado, mas também os procedimentos. É fundamental consultar um médico antes de se submeter a um tratamento de despigmentação. Encontre o seu centro médico mais próximo para realizar um diagnóstico.

Para definir estes procedimentos, é possível atuar a diferentes níveis (tanto sobre a derme como sobre a epiderme) e ao mesmo tempo combinar diversas soluções: basicamente, aplicações transcutâneas de uso tópico e peelings (ou esfoliações). Além disso, podem ser articulados procedimentos terapêuticos médicos e profissionais com pautas domiciliárias para melhorar e maximizar a eficácia a longo prazo.

Tratamentos tópicos despigmentantes

Nesta categoria incluiríamos o que habitualmente se denomina de “creme despigmentante”, embora na realidade um tratamento eficaz seja muito mais do que isso. E não apenas porque o pack inclui diversos produtos de uso específico...

cosmelan®

Com mais de um milhão de pacientes satisfeitos, este tratamento estético profissional não agressivo baseia-se numa dupla ação corretiva e reguladora, a nível dérmico e epidérmico. Após uma primeira fase num centro estético, seguem-se três fases domiciliares orientadas pelo profissional. É eficaz perante todo o tipo de manchas e inclusive nos fototipos mais escuros.

dermamelan®

Esta gama de tratamento despigmentante médico tem como objetivo a eliminação das manchas e a regulação da produção de melanina. Recentes inovações patenteadas sustentam um procedimento em duas fases: primeiro em consulta, com o diagnóstico e depois uma pauta domiciliária de quatro meses orientado para uma regulação da produção excessiva de melanina a longo prazo .

Peelings

O peeling é um tratamento pontual de esfoliação de alta eficácia baseado na aplicação de diferentes ácidos sobre as camadas mais superficiais da pele (a chamada camada córnea de pele morta). Aqui, apresentamos uma opção eficaz:

mesopeel® melanoplus

A combinação de ácido tricoloacético, kójico e bexaretinilo permite um tratamento médico especificamente concebido contra a hiperpigmentação de uso focal, ideal para qualquer tipo de pele e de intensidade intermédia. Uma solução muito eficaz tanto no rosto como no corpo.

Informe-se de modo mais detalhado e dê à sua pele o tratamento que esta lhe pede.

Muito perto de si poderá encontrar o centro mesoestetic® no qual conseguirá realizar os seus tratamentos; descubra-o. E mantenha-se a par das últimas novidades sobre os cuidados avançados da sua pele ao seguir a nossa conta de Instagram!

Quer saber mais?

Solicite uma marcação no seu centro mais próximo.

ENCONTRE O SEU CENTRO

Recomendamos que consulte sempre um profissional de saúde para rever o seu caso individual.