dermamelan® intimate
tratamento despigmentante para a zona íntima

A soluçao despigmentante para a zona íntima.

Pack
O novo método dermamelan® intimate conta com uma exclusiva combinação de ativos cuja eficácia despigmentante(1-6) se complementa com uma ação sobre o componente inflamatório que carateriza inúmeras hiperpigmentações e com uma melhoria visível na qualidade, turgência e hidroretenção cutânea da zona.

O método de despigmentação íntima. Desenvolvido especificamente para a zona genito-perineal, perianal, monte de Vénus, zona interna das coxas e virilhas. Único pela sua dupla ação, corretiva intensiva e reguladora das imperfeições pigmentárias. Resultados visíveis numa única sessão clínica. Desenvolvido em colaboração com ginecologistas especializados.

PROTOCOLO EM CONSULTA

Fase 1:despigmentação intensiva profissiona
Limpar previamente a zona com gaze e água morna.
- Passo 1: Aplicar o mesolips protector para proteger a mucosa, os lábios menores e a sua zona externa, e assim evitar uma migração da solução.
- Passo 2: Aplicar o dermamelan intimate peeling (4ml) sobre a zona a tratar e distribuir uniformemente com a ajuda de um cotonete ou pincel em leque. Recomenda-se para aplicar várias camadas até esgotar o produto para maximizar os resultados.Tempo de exposição recomendado: 7 min. Ordem de aplicação recomendada: zona interna das coxas, monte de Vénus, virilhas, lábios maiores e zona perianal. Iniciar a remoção do produto pela ordem inversa à da aplicação.
- Passo 3: Aplicar o post-peeling neutralizing spray.
Em caso de resíduos, retirar com uma gaze húmida e secar suavemente.
- Passo 4: Aplicar uma camada generosa de 3-4 mm de dermamelan intimate mask (7 ml) sobre a zona a tratar com a ajuda de uma espátula. Se for necessário, voltar a aplicar o mesolips protector. O produto deverá estar em contacto com a pele durante 2 horas
- Passo 5: Colocar a película dermamelan intimate occlusive film sobre a área tratada para facilitar a ação dos ativos. A sua aplicação gera um efeito oclusivo e evita a migração do produto para fora das áreas tratadas. O uso das cuecas descartáveis disponíveis no pack evita que o produto possa manchar e/ou migrar

INDICAÇÕES DE APLICAÇÃO EM CASA

Fase 2:Despigmentação contínua.
- Passo 1: Retirar a dermamelan intimate occlusive film e a dermamelan intimate mask 2 horas depois da sua aplicação em consulta. Retirar a máscara com água morna abundante e com a ajuda de um gelde limpeza íntima de pH adequado. Passo 2: Aplicar a crystal fiber intimate masksobre a zona tratada. Recomenda-se aplicar esticada sobre uma superfície previamente protegida com uma toalha. Deixar atuar durante 10-15 minutos
- Passo 3: Aplicar à noite, 48 depois de finalizar o protocolo em consulta, uma ou duas pressões do dermamelan intimate home depigmenting gel cream. Cobrir a zona a tratar uniformemente. Recomenda-se proteger a zona íntima com um protege-slip. A duração da aplicação é determinada pelo médico.

Informações adicionais

Skin type todas.
Area de aplicação intimo.
Procedure despigmentação.

Informação de tratamento

Na área genito-perineal e nas zonas adjacentes, existe um processo de envelhecimento do mesmo modo que acontece no restante organismo. Consequentemente, é possível observar não apenas perda de elasticidade e firmeza, como também uma alteração de cor da zona. .

A hiperpigmentação íntima é uma alteração motivada por um excesso de formação de melanina que conduz ao escurecimento da pele em torno da zona anal e dos genitais externos.

Adicionalmente, o facto de a atividade melanocítica desta zona ser maior que no resto do corpo também é responsável pela elevada prevalência da alteração de coloração que a afeta.

É uma alteração de origem multifatorial, cujos principais fatores desencadeadores são, entre outros:

FATORES INTERNOS

Idade: O envelhecimento do tecido vaginal é determinado por alterações nos mecanismos biológicos, bioquímicos e moleculares que podem derivar em alterações na pigmentação.

Predisposição genética: A prevalência é maior em pessoas com fotótipos elevados (IV, V e VI).

Alterações hormonais: O aumento de estrogénios estimula a atividade da enzima tirosinase responsável pelo aumento da produção de melanina.

FATORES EXTERNOS

Hábitos de cuidado e beleza: Técnicas como a depilação podem causar abrasão e foliculite, provocando inflamação da pele que derive num aumento de produção dos melanócitos e, portanto, de melanina.

Hábitos de vestuário: Quando a pele experiencia fricção, torna-se naturalmente mais espessa (hiperqueratinização), provocando o aparecimento de zonas mais escuras. É frequente que afete a zona interna das coxas no caso de utilização frequente de calças ou roupa interior ajustadas.

Nesta secção, poderá perguntar tudo o relacionado com este produto e com o tratamento.

Também pode visitar os nossos profissionais nos seus centros para receber assessoria sobre o tratamento mais adequado para a sua pele e esclarecer quaisquer dúvidas.

Ver centros